Newsletters




RSS 2.0 ACG

ATUALIDADE

medida CONVERTE+

Exmo.(s) Sr.(s)

Com a publicação da Portaria n.º 323/2019, de 19 de setembro, que cria a medida CONVERTE+, as entidades empregadoras passam a ter acesso a um apoio financeiro pela conversão de contratos de trabalho a termo em contratos de trabalho sem termo.

Este apoio financeiro, de carácter transitório, tem o valor de 4 vezes a remuneração base mensal prevista no contrato de trabalho sem termo, até ao limite de € 3.050,32 (7 vezes o IAS).

O apoio pode ainda ser majorado quando a conversão for relativa a um contrato:

- Celebrado com trabalhadores com dificuldades particulares de acesso ao emprego (por exemplo: pessoa com deficiência e incapacidade);

- Relativo a posto de trabalho localizado em território economicamente desfavorecido;

- Celebrado com trabalhador do sexo sub-representado em determinada profissão.

Com as majorações, que são cumuláveis entre si, o valor do apoio pode atingir o máximo de € 4.575,48.

As candidaturas estão abertas desde as 9h do dia 20 de setembro até às 18h do dia 31 de dezembro e devem ser submetidas pelas entidades empregadoras através do portal iefponline, usando a sua área de gestão.

São elegíveis os contratos de trabalho a termo (certo ou incerto), que tenham sido celebrados antes da data de abertura das candidaturas e cuja conversão ocorra a partir do dia 21 de setembro de 2019, inclusive.

Antes de se candidatar, consulte a página Apoios à contratação disponível no portal do IEFP e verifique as regras de acesso a esta medida e respetivas obrigações, nomeadamente o Aviso de Abertura de Candidaturas .

PESQUISA

Autenticação

Visualizações de conteúdos : 615327
APRESENTAÇÃO Instituição Identificação da Estrutura Associativa

SONDAGEM "O INTERIOR"

AS PESSOAS ACREDITAM NA REVITALIZAÇÃO DA ACG

O jornal “O Interior”, um credível e importante órgão de comunicação da nossa região, iniciou ontem uma sondagem aos seus leitores, questionando sobre a viabilidade da Associação Comercial da Guarda.

É com satisfação que verificamos que, quase 70% das pessoas que responderam ao inquérito até ao momento, acreditam na recuperação da Associação, mesmo antes de ter sido apresentado o Projeto de Revitalização.

Um primeiro resultado que acreditamos traduz a opinião e sentimento dos empresários do distrito e das pessoas, de uma forma geral.

O apoio de todos vai ser fundamental para voltarmos a ter uma Associação Comercial saudável e focada na defesa dos interesses dos seus Associados e da Região.

ointerior

image003-teste

28.06.2019

ACG nas redes sociais

fb

ACG no youtube

youtube

Guia do Investidor

guia_foto

Livro de Reclamações Online


Livro de Reclamações Online
Identificação da Estrutura Associativa

untitled-5

Atividade da ACG

A Associação tem por objeto a defesa dos direitos e interesses de todos os seus associados, seu prestígio e dignificação, proporcionando-lhes, por si e por intermédio de outras entidades, as condições necessárias ao regular exercício das suas atividades, em clima de progresso e de justiça social, propondo-se também desenvolver entre os associados um espírito de solidariedade e apoio recíproco.

A Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda é uma associação de âmbito distrital englobando os 14 Concelhos que compõem o Distrito da Guarda, possuindo desde 1992 duas Delegações em funcionamento nas Vilas de Celorico da Beira e Sabugal e a partir de meados de 1999 as Delegações de Manteigas, Pinhel, Vilar Formoso e Mêda.

Mercado alvo

Caracterização do Público – Alvo

A ACG pauta-se por ter uma massa associativa caracterizada essencialmente por pequenas e médias empresas da área do comércio a retalho e restauração, estando as restantes em menor número.

Uma vez que a ACG criou estruturas de apoio a potenciais e novos investidores com a implementação do GE – Gabinete Empresa e com serviços voltados essencialmente para o apoio ao investidor e aos empresários em geral.

A ACG prevê aumentar o seu número de associados para 2800 até 2010.

Condicionantes Externas

Recuperar ou desenvolver funções de comércio é um imperativo estratégico. Fundamentalmente revela-se urgente promover o equilíbrio entre as diferentes formas de comércio, técnicas de venda e diferentes tipos de comerciantes em harmonia com os consumidores. Para tal é necessário combater estruturas obsoletas, desequilíbrios dos territórios urbanos e promover uma nova imagem de comércio sem no entanto gerar situações de rutura e gerar conflitos entre os vários agentes.

Área de intervenção da ACG


mapa

 
ACG - Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda © 2012 Todos os direitos reservados | desenvolvido por J.Canão