Newsletters




RSS 2.0 ACG

ATUALIDADE

Prorrogação do prazo de registo do livro de reclamação online até 31/12/2019

Durante os próximos seis meses não terá lugar a instauração de processos de  contraordenação  aos  operadores  económicos  que  ainda  não  estejam registados na plataforma digital do Livro de Reclamações por parte da ASAE, entidade com atribuições de fiscalização administrativa desta matéria. Na prática, os operadores económicos poderão continuar a realizar a sua adesão à plataforma digital do Livro de Reclamações até 31 de Dezembro de 2019

As empresas vão ter até 31 de Dezembro de 2019 para disponibilizarem aos consumidores o livro de reclamações eletrónico.

Continuar...

PESQUISA

Autenticação

Visualizações de conteúdos : 585634
APRESENTAÇÃO Mensagem do Presidente

SONDAGEM "O INTERIOR"

AS PESSOAS ACREDITAM NA REVITALIZAÇÃO DA ACG

O jornal “O Interior”, um credível e importante órgão de comunicação da nossa região, iniciou ontem uma sondagem aos seus leitores, questionando sobre a viabilidade da Associação Comercial da Guarda.

É com satisfação que verificamos que, quase 70% das pessoas que responderam ao inquérito até ao momento, acreditam na recuperação da Associação, mesmo antes de ter sido apresentado o Projeto de Revitalização.

Um primeiro resultado que acreditamos traduz a opinião e sentimento dos empresários do distrito e das pessoas, de uma forma geral.

O apoio de todos vai ser fundamental para voltarmos a ter uma Associação Comercial saudável e focada na defesa dos interesses dos seus Associados e da Região.

ointerior

image003-teste

28.06.2019

ACG nas redes sociais

fb

ACG no youtube

youtube

Guia do Investidor

guia_foto

Livro de Reclamações Online


Livro de Reclamações Online
Mensagem do Presidente

  

Caros Associados,

Considero fulcral referir aquilo que, no meu entender, são as linhas orientadoras e desafios para o novo mandato a que me propus.
Como em todo e qualquer projeto, o cunho pessoal, neste caso, dos novos corpos sociais que me acompanham, tentará ser marcante e diferenciador com o objetivo de criar valor à entidade que representamos. O nosso contributo deve refletir-se no cumprimento dos desígnios e missão da ACG.
A Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda é uma entidade centenária, detentora de um histórico invejável e tem como área de ação o distrito da Guarda, representando assim mais de 1500 associados. Pois é nestes associados que a mesma deve basear a sua estratégia de ação.
A pergunta que se coloca é, como?
Garantindo a qualidade e variedade de serviços disponíveis e assegurados pela equipa técnica da ACG, nos quais destaco o apoio jurídico, a consultadoria especializada sobre programas e sistemas de incentivos empresariais, toda e qualquer ajuda necessária, na forma de apoio à atividade.
Dando continuidade ao projetos em curso, nos quais refiro os programas de ação-formação e consultadoria Dinamizar e QIPME, os cursos de aprendizagem de dupla certificação para jovens, o projeto Happy Start e a manutenção da oferta de cursos modelares de curta duração.
Também, mantendo a obrigação de dar continuidade à valorização e reconhecimento de uma atividade económica especifica ou um produto endógeneo característico, tal como se pode verificar no programa Guarda Prestige 2012
criando condições e implementando, de uma forma calculada e responsável, ações com o objetivo de elevar a dinâmica comercial, tal como tem sido a participação nas atividades natalícias e de São João.
Garantindo a lógica de investimento da ACG, visível no projeto de Reabilitação Urbana do Logradouro da sede da ACG, que irá estar disponível daqui a 2 meses e irá disponibilizar o acesso rápido ao Centro Histórico da Guarda e a oferta de 43 lugares de estacionamento para veículos de pequenas e grandes dimensões.
Isto pautado pelo rigor e responsabilidade que a ACG mantém na execução do seu plano de recuperação económica.
As relações institucionais exteriores devem ser melhoradas através de uma participação ativa e presente, quer naquelas que a ACG está presente, tais como a APGUR, a Ensiguarda, a Escola de Hotelaria de Manteigas e a Pró-Raia, bem como naquelas que interagem e influenciam o distrito da Guarda ou setores económicos. Refiro-me às câmaras municipais, ao Consórcio Empresarial Beiras e Serra da Estrela, CEC, CCP, AEP e outras entidades públicas-privadas representativas.
Ao poder autárquico reconhecemos a responsabilidade primária do desenvolvimento local bem como o conhecimento das suas adversidades. Assim, a ACG promoveu reuniões com as Câmaras da Guarda, Almeida, Mêda, Foz Côa e Sabugal, na pessoa dos seus presidentes.
No atual panorama, socioeconómico instável e adverso, assumimos que a Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda irá reforçar a sua proximidade com os seus associados indo assim de encontro às suas perspetivas.


Bons Negócios!

Miguel Alves

miguel_alves_site

 


 
ACG - Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda © 2012 Todos os direitos reservados | desenvolvido por J.Canão